sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Sericaia com Figos Pingo de Mel





Receita Sericaia com Figos Pingo de Mel

Ingredientes:
750ml de Leite
1 Limão (Casca)
1 Canela em Pau
90g de Farinha de Trigo sem Fermento
1 c.café de Flor de Sal (Loja do Sal)
9 Ovos
250g de Açúcar
Margarina q.b.
Canela Moída (Suldouro) q.b.
Figos Pingo de Mel em Calda (Quinta do Côro)

Confecção:
Ferver o leite com o pau de canela e a casca de limão.
Deixar arrefecer até ficar morno. Retirar o pau de canela e a casca de limão.
Adicionar a farinha previamente peneirada e uma pitada de flor de sal ao leite. Envolver bem.
Bater as gemas com o açúcar até obter um creme esbranquiçado.
Juntar a mistura anterior ao leite, misturar bem para ficar homogéneo.
Levar novamente a lume médio para engrossar, mexendo sempre para não ganhar grumos.
Quando passar a colher e ficar tipo estrada, retirar do lume e deixar arrefecer completamente.
Pré aquecer o forno a 220ºC, sem ventilação.
Untar um prato de barro com margarina. Reservar.
Bater as claras em castelo bem firme.
Envolver as claras ao preparado anterior com suavidade.
Com uma colher, espalhar colheradas desencontradas do preparado.
Polvilhar toda a superfície com canela moída
Levar a cozer até abrir fendas, cerca de 
Retirar do forno e deixar arrefecer.
Servir frio com os figos em calda.

Nota:
  • Se preferir seguir a tradição e servir a Sericaia com Ameixas d'Elvas, encontra a receita aqui.



































quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Filhoses de Forma






Receita Filhoses de Forma

Ingredientes: 
3 Ovos
200ml de Leite
15ml de Aguardente
1 Limão (Raspa)
15g de Açúcar Baunilhado (Suldouro)
1 pitada de Flor de Sal (Loja do Sal)
250g de Farinha de Trigo com Fermento
Açúcar q.b.
Canela Moída q.b.

Confecção:
Numa taça misturar os ovos, o leite, a aguardente, a raspa de limão, o açúcar baunilhado e uma pitada de flor de sal.
Acrescentar a farinha previamente peneirada e mexer bem até obter uma massa homogénea.
Levar ao lume um tacho largo com óleo para aquecer.
Colocar a forma dentro do óleo para aquecerem ambos ao mesmo tempo.
Retirar a forma do tacho e deixar escorrer o excesso de óleo.
Mergulhar a forma na massa, sem ultrapassar o rebordo da mesma.
Tirar a forma da massa e voltar a colocar no óleo, completamente submersa.
Sacudir cuidadosamente a forma até a massa se soltar da forma.
Alourar as filhoses de ambos os lados, retirar e deixar escorrer em papel absorvente.
Repetir até finalizar a massa.
Durante este processo, manter sempre a forma quente no óleo.
Passar as filhoses por uma mistura de açúcar e canela moída.
Servir.

Nota:
  • A massa pode ser guardada durante 2 a 3 dias no frigorífico, se não quiser gastar a mesma toda de uma vez.































quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Tarte Fresca de Ananás






Receita Tarte Fresca de Ananás

Ingredientes:
200g de Bolacha Maria
80g de Manteiga
1 c.sopa de Vinho do Porto
1 Lata de Ananás
1 Saqueta de Gelatina de Ananás
500ml de Água
1 Iogurte Grego Natural

Confecção:
Forrar o fundo de uma forma de aro amovível (20cm) com papel vegetal. Reservar.
Triturar a bolacha e misturar bem com a manteiga derretida, o vinho do porto e 2 c.sopa de calda de ananás (lata).
Espalhar a bolacha na forma e calcar bem para formar uma base compacta.
Levar ao frigorífico para a base ficar rija.
Ferver 250ml de água.
Dissolver bem a saqueta de gelatina na água quente, juntando depois 250ml de água fria.
Deixar a gelatina arrefecer.
Reservar 3 a 4 rodelas de ananás para a decoração e cortar em pedaços as restantes rodelas.
Quando a gelatina tiver arrefecido, juntar o iogurte e misturar bem.
Acrescentar os pedaços de ananás e deitar esta mistura na forma. 
Levar ao frigorífico até solidificar.
No momento de servir, desenformar e decorar com as rodelas de ananás reservadas.

Nota:

  • Para os mais gulosos, no momento de fazer a gelatina de ananás, pode se substituir os 250ml de água fria por 250ml de calda de ananás (lata).

























quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Pepparkakor





Receita Pepparkakor

Ingredientes:
75g de Açúcar Amarelo
60g de Manteiga
2 c.chá de Canela Moída (Suldouro)
2 c.chá de Gengibre em Pó
1 c.café de Cravinho Moído
1 c.café de Bicarbonato de Sódio (Suldouro)
Raspa de 1/2 Laranja
1 c.sopa de Mel (Abelha Mágica)
2 c.sopa de Leite
225g de Farinha de Trigo sem Fermento



Confecção:
Na batedeira, misturar bem a manteiga à temperatura ambiente com o açúcar amarelo. 
Sem parar de bater, adicionar a canela moída, o gengibre em pó, o cravinho moído, o bicarbonato de sódio, a raspa de 1/2 laranja, o mel e o leite.
Por fim acrescentar a farinha previamente peneirada.
Com as mãos formar uma bola de massa, embrulhar em película aderente e levar ao frigorífico cerca de 30 minutos.
Pré aquecer o forno a 180ºC.
Polvilhar uma superfície com farinha e com ajuda do rolo de cozinha, esticar a massa com uma espessura reduzida e com cortantes marcar as bolachas.
Distribuir as bolachas por tabuleiros de ir ao formo, previamente forrados com papel vegetal e untados com margarina.
Levar a cozer ao forno entre 8 a 12 minutos (dependendo da espessura), ou até ficarem douradinhos.
Retirar do forno, deixar arrefecer e guardar em frasco hermético.













terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Coscorões





Receita Coscorões

Ingredientes:
1kg de Farinha de Trigo sem Fermento
2 c.sopa de Fermento em Pó
8 Ovos
1 Limão (Raspa)
Sal (Salinas do Samouco) q.b.
250ml de Vinho Branco
75g de Banha
500g de Farinha de Trigo sem Fermento
Açúcar q.b.
Canela Moída (Suldouro) q.b.

Confecção:
Na taça da batedeira juntar 1 kg de farinha, o fermento, os ovos, uma pitada de sal e a raspa de limão.
Derreter no micro ondas a banha no vinho branco.
Ligar a batedeira num programa para massas e adicionar a mistura do vinho branco.
Amassar bem e ir adicionando aos poucos mais farinha até a massa ficar bem ligada e elástica (pode não ser necessário usar as 500g de farinha).
Deixar a massa descansar por 2h.
Esticar a massa com ajuda do rolo de cozinha, o mais fininha possível.
Quanto mais fininha ficar a massa, mais crocantes vão ficar os coscorões.
Cortar a massa em rectângulos e fazer 2 a 3 cortes no meio de cada coscorão.
Com o óleo bem quente, fritar os coscorões de ambos os lados até ficarem bem douradinhos.
Retirar e colocar sobre papel absorvente.
Passar os coscorões por açúcar e canela moída ainda mornos.

Nota:
  • A receita pode ser confeccionada uns dias antes, basta para isso congelar os coscorões todos separados. Quando for para consumir, é só retirar do congelador e fritar sem deixar descongelar.






















segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Perna de Peru Recheada com Migas de Castanha





Receita Perna de Peru Recheada com Migas de Castanha

Ingredientes Perna de Peru:
1,850kg Perna de Peru (desossada)
400g de Pão (de 2 dias)
600ml de Leite
80ml de Azeite
3 Dentes de Alho
300g de Castanhas (congeladas)
400ml de Água
1 Caldo de Galinha
Sal (Loja do Sal) q.b.
Pimenta Preta q.b.
1 punhado de Salsa Fresca (Aromáticas Vivas)
3 folhas de Louro
150ml de Vinho Branco

Confecção:
Cortar o pão aos pedaços e demolhar em leite. Reservar.
Ferver a água e colocar o caldo de galinha para dissolver. Reservar.
Num tacho colocar 40ml de azeite e alourar os dentes de alho finamente picados.
Acrescentar as castanhas e deixar corar durante alguns minutos em lume brando.
Esmagar as castanhas grosseiramente.
Juntar o pão escorrido, regar com o caldo de galinha, temperar com sal a gosto e pimenta preta acabada de moer.
Acrescentar a salsa picada e envolver tudo.
Deixar cozinhar em lume médio, mexendo de vez em quando para não pegar, até as migas ficarem bem sequinhas.
Pré aquecer o forno a 180ºC.
Rechear a perna de peru com as migas.
Fechar a perna de peru, atando com fio de cozinha.
Temperar a perna de peru de ambos os lados com sal e pimenta preta acabada de moer.
Colocar a perna num tabuleiro de ir ao forno.
Regar com 40ml de azeite, o vinho branco e acrescentar as folhas de louro.
Levar ao forno assar, cerca de 1h30m (cobrir com papel de alumínio para não queimar).
Retirar do forno e cortar a carne em fatias. Triturar o molho do assado.
Servir de imediato a carne regada com o molho.